FLAG COUNTER DE RECEITAS E SEGREDOS DA COZINHA MINEIRA DESDE 29/02/2013

FLAG COUNTER DE RECEITAS E SEGREDOS DA COZINHA MINEIRA DESDE 29/02/2013
117 países já visitaram este site! Clic na imagem para ver!

sexta-feira

Tirando as dúvidas do doce de casca de laranja açucarado (cristalizado)

Hoje resolvi fazer o teste do doce de laranja açucarado. Sempre que vou realizar um desafio, é claro que não faço uma receita com muitos ingredientes. Assim procurei uma receita menor, porque, como gato escaldado tem medo de água fria, fiquei esperta com a saga do limão tahiti.
A receita que escolhi para este desafio foi a seguinte e os ingredientes eu coloquei a meu gosto.
Fiz tudo assim, "ipicis literis", muito desconfiada, pois ainda tenho na boca o gosto amargo do doce de limão tahiti, quando ainda não tinham  mandado ferventá-lo e curtir por uma semana.
Já devia ter aprendido, mas não...nesta receita de hoje, quando mandaram  passar as casquinhas das laranjas e limões picados somente em uma água fervente, eu já devia ter discordado. Mas quis fazer o teste da receita "igualzinho estava lá...e dancei!
Portanto, estou deixando a receita aqui, com uma ressalva: por favor, deixem estas casquinhas pelo menos uns 3 dias curtindo depois que forem ferventadas umas 3 vezes seguidas (eu só ferventei 1 vez, como eles pediram). 
As imagens são reais, a estrutura do doce açucarado ou cristalizado, ficou ótima. O que não deu certo foi apenas o que expliquei acima. Ele ficou com um gosto bem amargo! E na minha opinião, a  vida já tem o amargo na medida certa, para que mais?! Como diz o "Simão" da CBN - RARARARÁ...

DOCE DE LARANJA E LIMÃO CRISTALIZADO

INGREDIENTES

3 laranjas bahia maduras
2 limões tahiti maduros
Água fervente
2 xícaras de açúcar
1 xícara de água

MODO DE PREPARO

1 - Descasque as laranjas e os limões, formando tiras grandes, sem pegar a pele branca, pois ela é amarga.
2 - Corte as tiras longas em tirinhas bem fininhas, de aproximadamente 4cm.
3 - Em uma panela, ferva água e coloque as tirinhas. 



É AQUI QUE EU MUDO A RECEITA, PESSOAL!



4 - Deixe levantar fervura e escorra a água.
      Esta operação é feita 3 vezes! ( Ví isto em Receita.com - Mais você - da Ana Maria Braga).

      Numa outra vasilha, coloque outra água para esquentar.
     Coloque as cascas novamente e deixe levantar fervura e escorra a água. Repita esta operação   novamente.


5 - Após esta operação, proceda como para o doce de limão. Deixe 2 dias curtindo, trocando a água, que estando fria, pode-se trocar por outra água fria, de manhã e de noite.
6 - Ao final do 2º dia, leve novamente as casquinhas ao fogo, em água quente com uma pitada de sal e deixe ferver. Retire do fogo e passe outra água quente, colocando as casquinhas num escorredor de arroz, para ficar bem jeitoso. Experimente uma casquinha para ver se o amargo se foi. Se foi, tudo bem. Se não foi...vamos curtir mais um dia, hein?!
Podemos continuar com a receita agora:

7 - Leve ao fogo 1 xícara de açúcar com 1 xícara de água, e em fogo baixo, mexa até o açúcar dissolver.

8 -  Pare de mexer, aumente o fogo e espere a calda começar a ferver. Junte as tirinhas, diminua o fogo e cozinhe as casquinhas o suficiente. ( se fossem cruas, seria 15 min). Mas nós as deixamos curtindo e isto amolece bem as casquinhas).


9 - Retire e coe em uma peneira de alumínio, sobre uma tigela. Reserve as cascas.

10 - Coloque sobre um tabuleiro médio, papel manteiga (ou impermeável) e sobre ele, vá colocando as casquinhas sem deixá-las "embolar", ficar superpostas.
Deixe-as assim, secando, até o outro dia. Nesta etapa, eu já coloquei um pouco de açúcar sob as casquinhas de laranja. 


11 - No dia seguinte, coloque o açúcar restante num tabuleiro e vá passando as casquinhas  no açúcar. Eu coloquei, bem mais açúcar do que foi pedido nos ingredientes ( umas 3 xícaras de açúcar). Pode ser usado também açúcar de confeiteiro, ou mesmo açúcar refinado, como na receita de casca de laranja açucarado, que está nos marcadores , na coluna direita deste blog.
12 - Coloque as casquinhas em um vidro sequinho e esterelizado e use em receitas diversas como bolos, ou aprecie com refrigerantes, etc. Elas podem não ficar crocantes, mas eu garanto que não ficarão amargas!

Conclusão:

Eu gosto muito de desafio e fazer experiências! Coloquei esta receita aqui, mas com todas estas ressalvas, só gostaria que,  se você for testá-la, lembre-se que o melhor é sermos sempre criativos: se não der certo de uma jeito, a gente parte para outro, busca outra receita na web, compara o modo de um e de outro fazer o doce, enfim, use o seu método "científico" para alcançar seu objetivo! 
Não resisti e resolvi testar logo a nova  curtição das casquinhas de laranja.
Assim que vi o outro doce com gosto amargo, já fui ao sacolão comprar mais laranjas bahia, e repeti  o doce. A minha sorte foi que meu marido gosta de coisa "amarga" e está comendo o outro doce,  rsrsrsrrsrs...
Repeti as etapas descritas acima, com a diferença: deixei as casquinhas curtindo 24 horas, aproximadamente, depois das 3 fervuras, acima citadas e depois de tê-las ferventado rápido em água com sal ( uma colher de café de sal) e passado em  água quente, sem sal, novamente. Como não estavam mais amargas, prossegui com a elaboração do doce, com os mesmos ingredientes tb sugeridos. Desta vez, não teve erro.
No momento, as casquinhas estão como na imagem acima: expostas sobre papel manteiga com açucar, para secar durante 12 horas. Joguei um pouco de canela em pó sobre elas, para ver se ficarão com o sabor de canela. Amanhã volto para finalizar e dar o resultado final deste doce tão delicado!

22/04/2013

Olá a todos!
Finalmente posso encerrar esta postagem com chave de ouro:
Pessoal, deu certo! Ao contrário do que imaginava, as casquinhas depois de 12 horas, estavam sequinhas e crocantes, além de não terem ficado com gosto amargo. Convido-os a fazer este desafio, dêem notícias de suas experiências e boa sorte!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...