FLAG COUNTER DE RECEITAS E SEGREDOS DA COZINHA MINEIRA DESDE 29/02/2013

FLAG COUNTER DE RECEITAS E SEGREDOS DA COZINHA MINEIRA DESDE 29/02/2013
117 países já visitaram este site! Clic na imagem para ver!

domingo

A Saga - Nunca desista do doce de limão - Etapa 1

Sempre há uma nova possibilidade
 para um doce que não deu certo!
A 1ª possibilidade: 

E lá está ele ao lado da 2ª possibilidade: 
calda quente para sorvete

Alô videosfera!

Depois de muita luta e ter perdido a postagem que já estava quase pronta, (não salvei, dancei!), vou resumir a história agora: ontem fiquei 6 horas tentando fazer o bendito doce de limão. Com direito a fazer no tacho de cobre, para ficar verdinho, e tudo mais! Só que, entre as receitas que encontrei no Google, optei por fazer a que não precisava ficar curtindo as cascas por uma semana! Este foi o meu erro! Daí para cá foi só emoção! As cascas ficaram duras com o primeiro processo, que vou passar para vocês amanhã. Neste processo, a única coisa que não podia acontecer era a água que estava ferventando as cascas ficar quente demais! Agora, sem termômetro, baseei-me no olhômetro. E as cascas ficaram duras, por este motivo: devo ter deixado a água esquentar demais. Foram 12, doze vezes, gente, eu trocando a água da panela, durante 6 horas...
O resto deu certinho, a calda ficou perfeita, como mandava a receita. Mas, fiquei chateada...
Tinha que descobrir um jeito de salvar o meu doce: Ô doce chato e amargo de fazer!!...: mas, se conseguisse salvá-lo, ia ser ótimo, pois, conseguí tirar em 6 horas todo o amargo e azêdo da fruta.
E hoje, há poucas horas do lanche de domingo, caprichado, lá está , o meu doce de casca de  limão que após bater no liquidificador, o doce e a  calda deliciosa que fiz, rendeu aquele docinho da esquerda da imagem e após queimar o liquidificador batendo as cascas gostosas e duras, rendeu aquela calda, que não parece, mas ficou bem esverdeada (por causa do tacho que fiz o doce) e porque eu não perco a mania de colocar umas gotinhas de anilina verde nestes doces que as frutas são verdes. Viram só.!? E o docinho ficou  delicioso, com gostinho de limão, bom para comer com sorvete. E ainda tem a calda ao lado, que como o liquidificador tinha queimado, eu coei do jeito que estava, guardei os pedacinhos para irmos comendo aos poucos ou colocar em algum bolo de limão, que pretendo fazer esta semana ( para salvar os pedacinhos de casca que estão na geladeira.)
Agora que vocês já sabem a história toda, hoje é domingo né, não digito receitas!  Vou deixar aqui amanhã a receita que testei para este doce que está na mesa e deixarei também, na próxima postagem, o segundo processo que vou testar, que não deixa as cascas ficarem duras. Aquele, que você fica uma semana curtindo as cascas de limão. E olha que este doce é muito mais velho que o FACEBOOK, e, naquele tempo, as nossas avós ja CURTIAM.........
A compoteira verde que está na mesa, está com o doce das duas cidras restantes desta safra. O doce de cidra também é minucioso, mas perde para o modo de fazer o de limão.
Parece que eu estou seguindo uma sina da família do meu pai (dizem que as tias de lá eram doceiras de mão cheia), mas esta é outra história. 
Um bom fim de semana para todos os meu amigos do blog,  ALÔ VIDEOSFERA  e agora, deste meu blog baby - RECEITAS E SEGREDOS... - Prometo que vou contar para vocês, todos os segredos de receitas que   descobrir!  Não estamos no tempo de ficar guardando segredinhos de receitas, apesar de que, ainda tem gente que ainda guarda os seus segredos! O mundo gira, e nós também!
Em contra partida, se alguém leu este post, e sabe como devo fazer para que as cascas do doce "supra citado" não fiquem duras,  right  me soon a comment, please... don`t forguet me!
 Besos chicas!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...